Pablo Casado Opta Pela Moderação E Albert Rivera Por Um Tom Mais Duro

Off Por
Pablo Casado Opta Pela Moderação E Albert Rivera Por Um Tom Mais Duro

PP e Cidadãos não irão apoiar a posse de Pedro Sánchez. Era uma coisa que tinham anunciado durante semanas, e que esta segunda-feira confirmaram por meio da tribuna do Congresso dos Deputados, pela primeira jornada do debate. Pablo Casado e Albert Rivera compartilharam fim, no entanto não os meios, desde que enfocaram o seu discurso contra o candidato socialista de maneira distinto. Casado, deixou constância das poucas menções de Sánchez ao foco catalão e acrescentou que, pontualmente por estes acordos o presidente em funções “não é lícito”, por ser um “prolongamento dos separatistas”. Ao mesmo tempo, lembrou que o presidente da Generalitat, Quim Torra, citou pela semana passada que Sánchez foi presidente graças aos votos dos independentistas.

Portugal sectária, a Espanha do dividir e dominar”, e em torno disto abordou a situação da Catalunha. “A Catalunha não comentou nem ao menos uma frase, contudo argumentou tudo. É o discurso da intolerância e da nostalgia com o franquismo.

Outro caso de diligência, sem desespero deram os habitantes do Vietnã do Norte após os bombardeios. Desde que começaram os bombardeios da Operação Rolling Thunder, todo o Norte, exceto Hanói e Haiphong, haviam sofrido ataques aéreos de todo o tipo: napalm, fósforo branco, minas, explosivos de alto poder, defoliantes.

Cada ponte, cada encruzilhada, cada estação de caminho de ferro, cada fábrica haviam sido atacados, reconstruídos, camuflados, atacados outra vez, transferidos e reconstruídos de novo. É claro que havia exceções entre os soldados e os oficiais, porém constituíam uma minoria. Para as testemunhas e escritores, como Jonathan Schell (1988, p. 33) este combate não é que o desejo geral fosse um fator de enorme gravidade, é que foi o fator determinante.

deste jeito, quebrarla deveria ter sido o propósito perseguido pelos Estados unidos da américa e não o conseguiram. Provavelmente poucas brigas tenham tido tantas repercussões pela História contemporânea como o Vietname e também poucos têm atraído mais a atenção de escritores e cineastas.

  • Um Mineração 2.1.1 Carvão
  • 2 Ferroviária Barcelona-Lisboa, A primeira via de ferro peninsular
  • As Fotos Mais Polêmicas de Rihanna
  • dois Em revistas
  • 2 Pierre Menard, autor do Quixote

A idéia de um estado enorme esmagando a outro nanico e a de seus soldados cometendo massacres fora e dentro ficaram performance de tirar, deixando esmagado o espírito do “Destino Manifesto”. A oposição à guerra que se estendeu dentro e fora dos EUA entre a juventude, desencadeando o movimento hippie que tinha começado antes.

As universidades norte-americanas foram palco de manifestações contra o envolvimento dos EUA pela guerra não declarada e não se justifica, na posição de muitos. Houve confrontos entre os estudantes e a polícia com tiros e mortos. Em outubro de 1967, duzentos 000 manifestantes marcharam em frente ao Pentágono, exigindo a paz, sendo um dos pontos mais fortes do movimento pacifista. Também é verdade que essa ocorrência coincidiu com um dos momentos de maior prosperidade econômica, o que conferia muita segurança pra juventude e escolhas de mudar de costumes. Mas o principal fator de protesto acabou o serviço militar, obrigatório pra todos os homens norte-americanos e com ele a hipótese de ser enviado para o Vietnã.

O trauma do Vietnã lhes durou bem mais os militares que a comunidade em geral. Só nesse país, cerca de oitenta milhões de bombas, quase uma em cada três lançadas, não exploraram e ainda permanecem, na sua maioria, espalhadas em todo a nação.